Dor de clareamento dos dentes – 5 soluções para este problema potencialmente doloroso

Você sabia que algumas pessoas sentem dor ao clarear os dentes após o clareamento? Enquanto a maioria das pessoas sente pouco desconforto ou dor após o tratamento de clareamento, outras sentem dor na forma de sensibilidade dentária ou irritação gengival. Algumas pessoas também relatam “vibrações” intensas e intermitentes ou uma pancada nos dentes. Então, o que você deve fazer para eliminar ou evitar a dor do clareamento dos dentes?

Evitar a dor exige que você compreenda a própria dor. Como mencionado anteriormente, algumas pessoas apresentam sensibilidade dentária. A sensibilidade pode ser desencadeada por líquidos frios, respiração ou até mesmo ar batendo nos dentes. O grau de sensibilidade pode ser muito moderado a extremamente doloroso. Pode ocorrer imediatamente após o clareamento e durar de 24 a 48 horas. Em casos raros, a sensibilidade pode durar muito mais tempo.

Irritação na gengiva e “vibrações” ocorrem com menos frequência, mas podem causar desconforto ou dor significativa. Pessoas relataram sentir fortes “choques” ou “vibrações” após receberem o clareamento dentário profissional, como o clareamento a laser ou zoom.

Independentemente do tipo de sistema de clareamento que você usa, existem algumas coisas que você pode fazer para evitar, eliminar ou limitar a dor. A melhor maneira é consultar seu médico antes de qualquer procedimento de clareamento. Embora não haja garantia de que a dor do clareamento dos dentes possa ser completamente evitada, buscar aconselhamento profissional é a maneira mais inteligente de evitar ou limitar qualquer dor.

Aqui estão outras dicas a serem consideradas:

1. Se você planeja pedir ao dentista para clarear os dentes, antes de sua visita, escove com um creme dental com alto teor de flúor ou enxágue com um enxaguatório bucal que contenha flúor algumas semanas antes do clareamento. O flúor ajuda a fortalecer o esmalte externo dos dentes. Alguns dentistas também podem aconselhá-lo a tomar um ibuprofeno, como Aleve, antes e depois do procedimento.

2. Se você planeja usar um remédio caseiro para um sistema de clareamento dental, como géis clareadores ou bandejas clareadoras, comece com uma quantidade limitada para testar a sensibilidade de suas gengivas e dentes.

3. Não use muito clareador, pois isso pode levar a dor persistente e sensibilidade dentária contínua. Além disso, aplique o clareador com cuidado e não permita que entre nas áreas onde as gengivas estão recuando. Em outras palavras, não se torne um “viciado em clareamento dentário” procurando por um sorriso branco e brilhante em minutos. Siga as direções.

4. Se você já sabe que tem dentes sensíveis, gengivas severamente recuadas ou restaurações defeituosas, compartilhe essas informações com seu dentista, pois ele ajustará a quantidade de gel clareador (peróxido) de acordo. Branqueadores dentais caseiros devem ser usados ​​com moderação e versões mais suaves devem ser aplicadas com extremo cuidado.

5. Após o clareamento, escove com água morna, evite temperaturas extremas em líquidos ou alimentos e use uma escova de dentes com cerdas macias. Pasta de dente sem prescrição para dentes sensíveis também pode ajudar. Se a sensibilidade do dente durar mais do que alguns dias, consulte seu dentista, pois isso pode indicar um problema diferente ou subjacente.

O resultado final é que um sorriso mais branco pode aumentar sua confiança e auto-estima, entre outras coisas. Não se preocupe muito com qualquer dor ou desconforto no clareamento dos dentes. Vá em frente, consiga dentes mais brancos hoje.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts
Total
0
Share