Benefícios de uma imersão nos pés

Como os dias estão esfriando, uma imersão quente e relaxante provavelmente é atraente no final de um longo dia. Para algumas pessoas, mergulhar em uma banheira ou imersão parece um luxo para o qual não têm tempo. Nossas vidas podem ser agitadas, ocupadas e exigentes. No entanto, todas as atividades em movimento podem afetar seu corpo, principalmente os pés. Às vezes, basta parar e tirar um peso dos pés e molhar os pés.

Molhar os pés é mais do que apenas os pés em água quente. Além de causar relaxamento e alívio do estresse acumulado, há muitos benefícios para os pés, dependendo do que você coloca na água. Os diferentes tipos de imersão produzem benefícios diferentes, mas igualmente grandes, para os pés.

Os tipos mais comuns de imersão nos pés são a imersão em sal Epsom e em óleo essencial.

Epsom Salt Foot Soaks

O sal de Epsom é uma mistura de sulfato e magnésio. Quando adicionado à água quente de imersão dos pés, pode trazer muitos benefícios à saúde, incluindo:

  • Remoção de toxinas e metais pesados ​​das células da pele
  • Reduz a inflamação
  • Melhora a circulação
  • Alivia cãibras musculares e dores nas articulações
  • Relaxa músculos e nervos e ajuda no seu bom funcionamento
  • Equilibra os níveis de eletrólito
  • Visa e ajuda a eliminar substâncias nocivas do corpo
  • Pára o odor dos pés
  • Cura unhas encravadas e fungos nos pés
  • Acalma a pele seca

O sal de Epsom é barato e fácil de encontrar nas lojas. Basta adicionar algumas colheres de chá à bacia do lava-pés e deixá-los de molho por 10 a 15 minutos.

Imersão em óleos essenciais

Se você gosta de óleos essenciais e remédios caseiros, experimente estes banhos para os pés:

Imersão em óleo de madeira de cedro: a madeira de cedro tem propriedades antifúngicas e anti-sépticas, tornando esta imersão ótima no tratamento de pé de atleta e outras condições de fungos nos pés

Imersão com óleo de cipreste: o óleo de cipreste atua como desodorante e anti-séptico, tornando essa imersão um tratamento eficaz de bolhas e chulé.

Molho de óleo de zimbro: o fruto da planta Junípero diminui o desconforto das dores musculares e é excelente no tratamento de artrite no pé.

Imersão em óleo de lavanda: a lavanda é um relaxante e analgésico, tornando esse banho de pé ótimo para curar músculos e articulações doloridas e condições como a fascite plantar.

Molho de óleo de alecrim: o alecrim tem propriedades anti-sépticas e é ótimo para acalmar os músculos cansados ​​e doloridos, tornando-o ótimo para fazer depois de um longo dia em pé.

O óleo de gaultéria é considerada a aspirina da natureza. Ajuda a aliviar a dor e o inchaço e proporciona uma sensação de frescura particularmente agradável aos pés cansados.

Outras imersões

Outras imersões homeopáticas para os pés incluem adicionar uma pequena quantidade de leite integral ou óleo vegetal à água. Esses ingredientes podem retirar toxinas, prevenir infecções e criar uma pele macia nos pés. Depois de enxaguar bem os pés, aplique uma loção para os pés ou para o corpo para bloquear a umidade. Sal de Epsom e óleos essenciais também podem ser adicionados a este banho de pé.

Por mais terapêuticos que sejam os pés de imersão, eles não são a cura para todas as doenças dos pés. Na verdade, banhos de pés são recomendados para dores leves. Se você notar algum dos sintomas a seguir em seu pé, consulte um podólogo o mais rápido possível e deixe de tomar banho:

  • Dor forte no pé que surge de repente
  • Inchaço ou vermelhidão do pé ou pés
  • Sentir dor no pé diabético
  • Sentir dor no pé ou nos pés que dura mais de sete dias
  • Sensibilidade, hematomas ou sangramento após uma lesão no pé

Desconforto nos pés, dor, lesões e infecções podem ser graves. Embora molhar os pés possa aliviar o estresse, músculos e articulações tensos e doloridos, acalmar a pele e curar bolhas, pequenos cortes e dores nos pés, problemas mais sérios nos pés precisam ser examinados por um especialista em pés. Se você sentir dor persistente e forte no pé por causa de uma lesão no pé ou infecção por cortes ou unhas encravadas, um banho de pé não é recomendado, mas sim uma consulta com seu podólogo.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts
Total
0
Share